segunda-feira, 28 de julho de 2014

Esperança em meio ao sofrimento

Leia Lamentações 2 e reflita.


Levante-se, grite no meio da noite, quando começam as vigílias noturnas; derrame o seu coração como água na presença do Senhor. Levante para ele as mãos. (Lamentações 2.19)

Quando Jeremias escreveu Lamentações, o eco da queda dos muros de Jerusalém provavelmente ainda lhe soava nos ouvidos. Tudo o que restara aos israelitas fora a perspectiva horrível de um futuro desolador.
Jeremias, conhecido como o “profeta chorão”, reagiu com um lamento cheio de dor pela cidade e pelo povo. Como grande parte de sua vida, esses versículos estão cheios da mais pura emoção. Todos os aspectos do sofrimento encontram expressão nesse pequeno livro. Não há adoração alegre aqui, só agonia.

Se você vier a passar por tal sofrimento, faça como diz Jeremias: “Derrame o seu coração como água na presença do Senhor”. Na presença amorosa de Deus você vai encontrar esperança.

As promessas de Deus para Jeremias são também para você. Ao derramar sua dor diante do Senhor, quando estiver cercada de amargura e sofrimento (cf. 3.5), quando pedir ajuda e achar que ele ignorou suas orações (cf. 3.8), quando seu coração estiver partido (cf. 3.13), quando perder a paz e a prosperidade (cf. 3.17), lembre-se destas palavras de Jeremias: “Todavia, lembro-me também do que pode me dar esperança: Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade! Digo a mim mesmo: a minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança. O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nele, para com aqueles que o buscam; é bom esperar tranquilo pela salvação do Senhor.” (3.21-26).

Há esperança e você pode encontrá-la em meio à dor. A compaixão do Senhor nunca falha.

ORAÇÃO

Senhor, derramo meu coração diante de ti em relação às coisas que me trazem pesar. Cura-me de toda dor emocional.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Atentando à direção de Deus

Leia Jeremias 37—38 e reflita.


Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, foi designado rei por Nabucodonosor, rei da Babilônia. Ele reinou em lugar de Joaquim, filho de Jeoaquim. Nem ele, nem seus conselheiros, nem o povo da terra deram atenção às palavras que o Senhor tinha falado por meio do profeta Jeremias. (Jeremias 37.1-2)

Essa passagem parece roteiro de filme. Inclui perigo, coragem, traição, drama, guerra e intriga política. As tensões permanecem em alta temperatura numa grande cidade sitiada. Nosso herói, Jeremias, talvez não viva para ver outro dia. Quando e como Jerusalém cairá? Deus permitirá que isso aconteça? Por que ninguém dá ouvidos ao único profeta que fala por Deus? Ele é um homem bom. Podemos ver isso claramente, por que eles não veem?

Podemos ver certas coisas nessa cena do Antigo Testamento porque temos visão do todo e acesso a outras informações. Mas, quando você se encontra em meio à situação, as coisas nem sempre são claras. O diretor do filme de nossa vida nos dá apenas a informação necessária para nos fazer andar pelo caminho certo. Durante a viagem, o enredo pode trazer surpresas — mas Deus não é surpreendido. Tudo faz parte da história. Ele orienta, dizendo onde devemos ir para que a história se desenvolva como deveria. Só temos de prestar atenção.

O rei Zedequias pedia a Jeremias o conselho de Deus, mas ao recebê-lo não o colocava em prática. O rei queria saber, mas não se dispunha a fazer nada com esse conhecimento. Quantas vezes suplicamos a direção de Deus e, por não gostar do que ouvimos, decidimos agir por conta própria.

Ao pedir orientação a Deus, peça-lhe também que lhe dê ouvidos para ouvir e vontade e força para seguir suas instruções.
ORAÇÃO

Deus Pai, peço-te uma direção clara na minha vida. Ajuda-me a ouvir e entender qual é. Mostra-me o que fazer e capacita-me a realizar isso.


Devocional: Bom Dia! Leituras diárias com Stormie Omartianwww.mundocristao.com.br

quinta-feira, 24 de julho de 2014

E a guerra contra o pecado continua ....

 
Neste sábado venha aprender como um soldado se prepara para a guerra.




Aprendendo a ouvir

Leia Jeremias 35 e reflita.

Portanto, assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: “Trarei sobre Judá e sobre todos os habitantes de Jerusalém toda a desgraça da qual os adverti; porque falei a eles, mas não me ouviram, chamei-os, mas não me responderam”. (Jeremias 35.17)

Essa orientação de Deus para seu povo não é complicada. Não poderia ser mais simples: o juízo viria porque eles “não ouviram”. Deus quer que o ouçamos. Podemos optar por levar “cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo” (2 Co 10.5) ou permitir que satanás nos alimente com mentiras e manipule nossa vida. Todo pecado começa como um pensamento. “Pois do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, as cobiças, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a calúnia, a arrogância e a insensatez” (Mc 7.21-22). Se não controlarmos a mente, o diabo nos manipulará.

Você precisa se empenhar em monitorar o que lhe entra na mente. A que programas de TV você assiste? Que revistas e livros lê? Que música, programa de rádio ou CDs ouve? Eles lhe enchem a mente com pensamentos piedosos e lhe alimentam o Espírito de modo a sentir-se enriquecida, em paz e abençoada, ou a levam a sentir-se vazia, confusa, ansiosa e temerosa? “Pois Deus não é deus de desordem, mas de paz” (1 Co 14.33). Quando enchemos a mente com a Palavra de Deus e com aquilo que o glorifica, não deixamos espaço para a propaganda do inimigo.

Recusar-se a nutrir pensamentos maldosos é parte do processo de resistência ao diabo. Não viva confusa ou oprimida. Em vez disso, peça a Deus clareza, conhecimento e discernimento para ouvir sua voz.

ORAÇÃO

Deus, ajuda-me a ser uma boa ouvinte da tua voz falando ao meu coração. Não quero abafá-la com o ruído das muitas atividades da minha vida. Ajuda-me a levar cativo todo pensamento em obediência à tua Palavra.

Devocional: Bom Dia! Leituras diárias com Stormie Omartianwww.mundocristao.com.br

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Os planos de Deus exigem que oremos

Leia Jeremias 29.4-14 e reflita.


“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar- lhes esperança e um futuro.” (Jeremias 29.11)

Jeremias tinha notícias da parte de Deus para o povo. Uma era má: eles permaneceriam cativos setenta anos na Babilônia (29.10). A boa notícia era que, passado esse período, Deus traria seu povo de volta para casa. Mas isso também significava que toda uma geração nasceria e morreria antes que a promessa se realizasse.
Os planos de Deus às vezes levam muito tempo para se realizar. Por isso é tão importante lembrar que um futuro cheio de esperança e bênção não acontece automaticamente. Há coisas que precisamos fazer.

A primeira é buscar a Deus e orar sobre o seu futuro. “Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração” (Jr 29.12-13).

A segunda é ser diligente na obediência a Deus. Cada passo de obediência vai levá-la ao futuro que Deus planejou. “Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: ‘este é o caminho; siga-o’” (Is 30.21). O Espírito Santo é a garantia de que Deus vai ajudá-la a fazer o que é necessário para concretizar o que ele prometeu. “Quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o Evangelho que os salvou, vocês foram selados em Cristo com o Espírito Santo da promessa; Que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória” (Ef 1.13-14). Cada vez que você busca e obedece a Deus, está investindo em seu futuro. Confie nele. Deus cumpre o que promete.

ORAÇÃO
Senhor, eu te agradeço porque teus planos para mim se destinam a me fazer prosperar e dar-me esperança e um futuro. Peço que me ajudes a ouvir tua voz me conduzindo a cada passo do caminho.


Devocional: Bom Dia! Leituras diárias com Stormie Omartianwww.mundocristao.com.br

terça-feira, 15 de julho de 2014

Glorie-se apenas em Deus

 

Leia Jeremias 9.13-26 e reflita.
 
Assim diz o Senhor: “Não se glorie o sábio em sua sabedoria nem o forte em sua força nem o rico em sua riqueza, mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois eu sou o Senhor e ajo com lealdade, com justiça e com retidão sobre a terra, pois é dessas coisas que me agrado.” (Jeremias 9.23-24)
Todos querem realizar algo significativo na vida. Todos desejam fazer bem as coisas. Quem não quer empreender algo de que valha a pena gloriar-se, mesmo que não sejamos nós a gloriar-nos? Deus diz, entretanto, que devemos gloriar-nos por um único motivo: conhecê-lo.

Homens e mulheres do mundo gabam-se de suas realizações. esses versículos mencionam três coisas das quais as pessoas costumam jactar-se: sabedoria, força e riqueza. entretanto, ainda que tenhamos todas essas características, não poderemos orgulhar-nos delas como se nós fizéssemos algo grandioso, porque tudo o que temos vem de Deus.
A única coisa de que podemos vangloriar-nos é de ter um relacionamento com o Senhor. Só temos potencial para fazer algo grandioso por sermos dele e porque seu espírito habita em nós. Por causa da sua grandeza em nós, Deus vai realizar grandes coisas por meio de nós. Nossas maiores realizações talvez sejam atos desconhecidos de todos — como interceder em oração ou cuidar dos necessitados —, cujo impacto não compreenderemos deste lado da eternidade.

ORAÇÃO
Deus, confesso todo orgulho que tenha em relação a qualquer coisa na minha vida, pois sei que todas as coisas boas vêm de ti. Ajuda-me a jamais nem mesmo aparentar orgulho por qualquer outra coisa que não seja o fato de te conhecer. A única razão pela qual eu tenho potencial para fazer algo bom é que o teu Espírito Santo habita em mim.


Devocional: Bom Dia! Leituras diárias com Stormie Omartianwww.mundocristao.com.br